No post de hoje vou te mostrar como montar um roteiro de viagem de forma rápida e eficiente.

Eu amo fazer roteiros, na hora que estou pesquisando sobre o lugar é a hora que me dá mais vontade de conhecer o destino. Para quem pensa que roteiro deixa a viagem “amarrada” não sabe o que esta perdendo, não tem nada melhor que um roteiro feito por você mesmo, com aquilo que é a sua cara e que você ama fazer.

O roteiro ainda evita que você caia em furadas, por exemplo: “Você sabia que tem dias que a Torre de Belém não abre?” “Ou que tem atrações na Europa que a última entrada é 30 min antes do encerramento?” “Que tem um show lindo de encerramento na Disney?” ” Que tem um dia no mês que a entrada de alguns castelos e museus é grátis?”

Pelos exemplos já deu para entender né 😉 Pesquisar o destino antes e montar o seu roteiro irá te ajudar a evitar cair em furadas e otimizar o seu tempo.

Para quem ainda assim torce o nariz e diz que o roteiro deixa a viagem “amarrada”, vai aí uma grande dica: Você não precisa lotar os seus dias de coisas para fazer e nada impede de você mudar os planos e fazer outra coisa que tenha vontade, mas vai por mim, dica de viajante profissional, planejar VAI te fazer ECONOMIZAR.

Pronto! Resolvido a questão de que o roteiro é importante, vamos as dicas práticas de como montar o seu roteiro de viagem de forma mais eficiente:

  • Fase 1: Defina o seu perfil de viajante: se curte aventura, se gosta de romance, cultura, gourmet, etc. Pode ser mais de um, sem problemas! O importante aqui é definir o que você gosta de fazer, para assim otimizar a sua busca e fazer somente o que você gosta.

Ex: Você curte aventura e esta indo para Cancun, então pode buscar: “Esportes radicais para fazer em Cancun” no Google. Isso vai te poupar tempo e a sua viagem será muito mais proveitosa, fará somente o que você realmente gosta.

  • Fase 2: Hora de pesquisar no Google, Instagram,  em blogs, aqui no Projeto Viajando Sempre 😉 Em qualquer lugar que você achar conveniente, lembre-se pesquise de acordo com o seu gosto, não adianta colocar a Torre Eiffel se você não curte isso. Anote todas as informações importantes, endereço, horário e dia de funcionamento, valor, essas informações atualizadas você consegue no próprio site da atração.

Pulo do gato: Olha no instagram pela geolocalização e pelas hashtags as fotos do local que você quer visitar, vai te dar uma perspectiva se gosta ou não do lugar e de quebra ainda te dá inspirações para as suas fotos 😉

  • Fase 3: Agora é a hora de montar o seu roteiro, você pode reunir as informações que você coletou em um bloco de notas, em uma tabela, no word, em um caderno, em qualquer lugar, vai da sua preferência, eu vou compartilhar com você como eu faço o meu.

Existe uma opção no aplicativo do Google Maps chamada Seus Lugares (mapas) e é ele que eu uso durante as minhas viagens,  lá que após pesquisar o meu roteiro, eu marco no mapa todos os lugares que eu quero ir.

Google Maps
Google Maps
Google Maps
Google Maps
Google Maps
Google Maps

No mapa você consegue marcar todos os lugares que você vai visitar, ele te dá as rotas a seguir, quanto tempo leva até o destino, as opções de transporte, etc. É ótimo também para você conseguir visualizar qual atração fica perto da outra, assim você consegue otimizar melhor o seu tempo.

Para criar o seu mapa é bem simples:

– Você acessa o site My Maps (clique aqui)

– Você precisará logar em uma conta do Google é nela que ficará armazenado todos os seus mapas, ela deve ser a mesma que você loga no aplicativo do Google Maps.

– Depois basta clicar em “Criar um novo mapa

My Maps
My Maps

– Agora basta ir preenchendo no mapa os lugares que você deseja visitar, coloca um título no seu mapa, uma descrição, etc.

My Maps
My Maps

– Você pode personalizar o seu mapa, colocar símbolos e cores diferentes. Eu costumo colocar símbolos diferentes para pontos turísticos, restaurantes e lojas, assim fica mais fácil de localizar no mapa. Coloco também cores diferentes, por exemplo: Eu quero muito visitar um local, então eu coloco uma cor mais forte, para identificar que aquele local eu não posso deixar de visitar. Aqui vai da sua imaginação e organização.

My Maps
My Maps

– Você ainda pode colocar informações sobre o destino que vai visitar, dessa forma consegue reunir tudo em apenas um aplicativo.

Google Maps
Google Maps

– Pronto! Agora é só abrir o Google Maps e utilizar o seu mapa!

Google Maps
Google Maps

Você em pouco tempo vai conseguir fazer um roteiro de viagem simples, rápido e eficiente!

E aí, gostou da dica? Ficou com alguma dúvida?

Utiliza algum outro aplicativo? Compartilha aqui nos comentários!

By Simone Freitas

Carioca, empreendedora, travel hacking e fundadora do Projeto Viajando Sempre. Apaixonada pelo mundo e dependente de viagens, lugares exóticos e um bom drink a beira mar! Sempre em busca do próximo destino!!

Comentários

15 thoughts on “Como Montar um Roteiro de Viagem”

  1. Que legal Simone…sempre usei o evernote pq tem a opção de add fotos. E como viajo muitas vezes com familiares eles querem saber como é o local antes de chegar lá. Sabe me dizer se existe essa opção no My Maps?

Deixe uma resposta

  • Como hoje é dia de #tbt vai mais uma fotinho de Fez enquanto eu já estou pensando na próxima 😌 ⠀
Quem advinha o destino?🤗
  • A CIDADE AZUL DO MARROCOS ⠀
⠀
Chefchaouen estava na minha lista de lugares para visitar a muito tempos 💙 ⠀
É uma cidadezinha toda azul, que atrai milhares de turistas para fotografar nas suas ruelas ⠀
Eu fiz um bate e volta saindo de Fez, coloquei os detalhes lá nos stories 📱 ⠀
⠀
E você, qual a cidade que está na sua lista de desejos?🤔
  • Cappadocia is like a dream🥰⠀
⠀
Interrompemos a programação normal para essa foto linda 😍 que o @capadocia_photographer tirou minha ⠀
Como não amar a Turquia!? 😝
  • Eu nunca mergulhei tanto em uma cultura quanto no Marrocos ⠀
Eu pude ver de perto como são as suas casas, comi da comida deles, conversei com vários marroquinos, em várias cidades didferentes, sobre religião, política, segurança... ⠀
⠀
Eu fiquei feliz de saber que algumas coisas já começaram a mudar, agora as mulheres trabalham fora e ajudam na renda familiar e são incentivadas a estudar e se formar assim como os homens, infelizmente ainda não é o suficiente, mas um dia será 🙌🏻
⠀
Esse lugarzinho aí da foto é a Madraça Bu Inania, foi fundada em 1351 e é uma das instituições religiosas mais importantes de Fez. ⠀
É permitido a entrada de Não- islâmicos, então aproveite para entrar, conhecer um pouco mais sobre a sua história e tirar algumas fotos
  • Me sentindo a própria Jade 💁🏼‍♀️🤪⠀
Meus dias de rainha no @riadfesnasszmane chegaram ao fim 😫 ⠀
Massss por um lado foi bom, pq se não eu ia sair rolando de lá 😅 ⠀
Uma das coisas boas de se hospedar em um Riad com certeza é a comida 🤭⠀
Que café da manhã gostoso 😋 
Era super farto, tradicional marroquino (olha lá nos destaques) e como tem poucos quartos, o atendimento é bem intimista e você tem contato direto, conhecendo um pouco mais da cultura deles ⠀
Se tiver oportunidade se hospede em um Riad
  • Bem-vindos a casa da Jade😁 ⠀

Se você está planejando uma viagem para o Marrocos, então põe aí na sua lista se hospedar em um Riad ⠀
O riad é uma casa tradicional no estilo marroquino, melhor forma de conhecer mais a cultura ⠀
⠀
Esse aí é o @riadfesnasszmane que eu me hospedei em Fez, se liga nesse design 😍 ⠀
O atendimento foi tão bom, a staff, o gerente e a dona são uns fofos, provei da típica comida marroquina, ia estourar de tanto comer lá 😅 ⠀
⠀
E aí!? Curtiu!? Confesso que foi uma das hospedagens mais diferentes que eu já me hospedei
  • O QUE VESTIR NO MARROCOS? ⠀ ⠀
⠀
Eu tenho que ser sincera e dizer que eu não achei um lugar seguro para uma mulher viajar sozinha ⠀
⠀
Foi o primeiro lugar que eu me senti mal por ser mulher 😔 ⠀
⠀
Por isso, eu recomendo que não use roupas decotadas, transparentes e que marque muito o corpo.
Optei por saias e vestidos longos, algumas vezes calça e colocava blazer ou lenço em cima de algumas blusas mais decotadas.
Tirava apenas para as fotos
  • DEVO COLOCAR CASABLANCA NO MEU ROTEIRO? ⠀
⠀
Casablanca não é muito escolhido pelos viajantes, mas eu te digo que Casablanca é um hub principal, isso significa passagem área mais barata pousando lá, por isso talvez você decida colocar no seu roteiro, fica lá um dia e depois parte para outra cidade

SIGA @PROJETOVIAJANDOSEMPRE