Eu recebo muitas mensagens e e-mails de pessoas pedindo ajuda para montar sua primeira viagem sozinha, por isso resolvi fazer o post 10 dicas para viajar por conta própria.

Montar uma viagem por conta própria pode parecer um pouco assustador ou se sentir um pouco perdida, mas juro para você que não é difícil, você só tem que ficar atenta a certos detalhes e pesquisar, mas juro que irá valer a pena! Você conseguirá economizar um bocado e ainda terá mais liberdade na hora de montar o seu roteiro.

Por isso, eu separei algumas dicas e montei um Guia de Viagem completo para te ajudar a montar a sua viagem sozinha (viu como sou boazinha 😉 kkkk), mas se ainda assim você não se sentir segura, aconselho a procurar uma agência de turismo para te ajudar,  sempre pesquisando mais de uma opção e comparando os preços e a qualidade do serviço, para não cair em furada.

Vamos as dicas!

1- Escolhendo o destino

A primeira coisa que você deve fazer é escolher o seu destino da viagem, parece meio óbvio mais eu vou explicar melhor como isso pode fazer com que você economize.

Bom, você deve ter pelo menos umas 4 opções, pois as promoções nem sempre vão acontecer para o seu destino preferido e se ocorrerem, nem sempre vão acontecer na época que você pode viajar. Sendo assim, tenha algumas alternativasdessa forma você consegue pesquisar e comparar preços e no final escolher a opção mais em conta.

Crie uma wish list com destinos que você quer visitar, nessa lista você deve incluir a melhor época para visitar aquele local , lembrando que baixa temporada é sempre mais barato, mas tem outros fatores que tem que levar em conta: tem países como o Caribe, que tem épocas de furacões, outros como a Ásia, que tem a época de monções, por isso pesquise mais sobre o destino que você quer visitar, coloque na lista quando é a melhor época para visitar, quando é a pior, quando é  baixa temporada… Esse tipo de informação você consegue fácil fácil no Google, basta pesquisar ” Melhor época para visitar NOME DO DESTINO”.

 

2- Orçamento

Depois que definir os destinos que deseja viajar e a melhor época (melhor custo benefício), está na hora de você definir o seu orçamento, mesmo economizando bastante com certas estratégias, ainda assim devemos ser realistas. Não dá para viajar para Bora Bora gastando mil Reais. Coloque na ponta do lápis quanto você tem disponível para gastar nessa viagem.

 

3- Compare a lista de destinos com o seu orçamento

Nesse momento que você verá se os seus destinos estão de acordo com o seu orçamento, aqui você tem que levar em conta não só o custo da passagem e da hospedagem, mas da alimentação, passeios e transporte. Existem diversas ferramentas que te ajudam a ter uma estimativa dos gastos, fiz um post falando sobre essas ferramentas aqui.

 

4- Passagens

Você sempre deve comprar primeiro as passagens, como já falei em diversos post aqui no blog, o preço da passagem varia bastante de um dia para o outro, por isso, compre primeiro a passagem depois reserve o hotel.

Para economizar com passagens aéreas precisa pesquisar, os sites agregadores de passagens são ótimos para isso (Skyscanner, Tripadvisor, Google Flights, CheapOair e Momondo, são alguns exemplos), com eles você consegue ver quando é o dia e o mês mais barato e ainda qual a companhia que está oferecendo o melhor preço. Sempre compare em vários sites e confira também no site da companhia aérea.

Se quiser saber qual a melhor época para comprar a passagem, confere esse post aqui.

 

5- Precaução

Antes de comprar as passagens fique bem a atenta a alguns detalhes:

Primeiro: quando comprar uma passagem promocional fique a tenta e leia as instruções, essas passagens promocionais não permitem reembolso em caso de desistência ou perda do voo, seja pelo motivo que for, algumas perde-se o valor total investido, outras tem multas por remarcação, por isso fique bem atenta nesse quesito, leia com atenção antes de comprar!

Segundo: muitas pessoas me enviam e-mails perguntando se já comprei na empresa x ou y, se você tem dúvida de alguma empresa, antes de comprar faça uma pesquisa no Google sobre a empresa, no Reclame Aqui e no TripAdvisor, lá você encontrará comentários de pessoas que já compraram. Lembrando, que sites como Reclame  Aqui, você só encontrará comentários negativos, não encontrará pessoas que tiveram uma experiência positiva, um site que vende milhares de passagens ou pacotes por dia não tem uma taxa 100% de aprovação, por isso, deve-se levar em conta o teor da reclamação e se aquilo te afeta ou não.

 

6- Hospedagem

Depois de fechar as passagens, está na hora de pesquisar a hospedagem. Assim como com as passagens aéreas, o ideal é pesquisar em sites diferentes e comparar os preços, use os sites agregadores, como por exemplo, o Tripadvisor e o Booking. Busque o hotel de acordo com suas necessidades, como por exemplo: tipo de hospedagem, flat, hostel, resort, se precisa ter café da manhã incluso ou não, localização, etc.

Antes de fechar, cheque os reviews e fotos de outros viajantes para não cair em furada, é muito importante também verificar a localidade do hotel, as vezes ficar em um hotel muito distante, apesar de barato, não vale a pena, pois você gastará muito com o deslocamento para os pontos turísticos.

 

7- Transporte

Aqui você irá pesquisar de acordo com a sua necessidade e orçamento. Um site ótimo para te ajudar a comparar os preços e a distância é o Rome2Rio, falei dele aqui.

  • Metrô: se o seu destino tem um bom transporte público, vale a pena investir em um bilhete ilimitado do metrô, como no caso de Nova York;
  • Carro alugado: algumas cidades não possuem um bom sistema de transporte público, neste caso vale a pena alugar um carro para utilizar durante sua estadia;
  • Trem: esta opção é a mais utilizada para quem vai fazer um mochilão pela Europa, um site para te ajudar a organizar é o Rail Europe;
  • Táxi: existem lugares que andar de táxi é muito barato, outros nem tanto, tem opções ainda como Uber, Cabify e app de táxis para pagar no cartão, como o EasyTaxi.

 

8- Pontos Turístico

Essa parte vai mais do seu gosto, eu prefiro montar um roteiro, pesquiso todos os locais interessantes que tem para visitar, seleciono os que mais me interessam e coloco informações do tipo: que horas abre, quanto custa, o endereço, e monto no Google Maps para facilitar e visitar no mesmo dia os locais próximos um do outro. Aqui você também deve encaixar os passeios e restaurantes que cabem no seu bolso, tem opções gratuitas e outras bem caras, vai do seu orçamento e gosto.

 

9- Dinheiro

Esse passo é somente para viagens internacionais.

Depois da viagem montada você vai pesquisar e decidir qual a melhor opção para você levar o dinheiro, usar cartão, comprar cartão pré-pago, sacar dinheiro. Dependendo do que você decidir você precisa tomar algumas providências:

  • Você precisa pesquisar qual a melhor casa de câmbio para trocar o dinheiro, o melhor custo benefício, se é segura e com uma cotação boa. Se é melhor trocar aqui no Brasil ou lá no país. Toda essa informação você consegue pesquisando no Google;
  • Se for usar o cartão, o lado bom é que acumula milhas, o ruim é que paga IOF e a cotação só fecha no final da fatura.
  • Cartão pré pago também paga IOF, o lado bom é que é mais seguro do que levar dinheiro.
  • Sacar dinheiro também é uma opção segura, mas tem que levar em conta que antes de viajar precisa desbloquear essa opção no seu banco, paga-se uma taxa e nem todos os lugares tem caixas para saque.

 

10 – Reservas e itens extras

Existem locais que você precisa reservar com antecedência, alguns restaurantes, shows, parques e etc.

Quando você montar o seu roteiro, terá pesquisado sobre os pontos turísticos e saberá se precisa ou não comprar antes ou reservar.

Lembre-se também de verificar outros itens, se precisa de passaporte para viajar para aquele local, visto, alguma vacina, seguro, essas coisas, para que você não esqueça nada e não tenha nenhuma surpresa durante a sua viagem!

 

Essas foram as minhas dicas para montar a sua viagem sozinha, quanto mais você planejar a sua viagem por conta própria, mais fácil e rápido será! Você  vai pegar o jeito 😉

Espero que esse Guia de Viagem te ajude! Qualquer dúvida é só perguntar!

Boa viagem!

By Simone Freitas

Carioca, empreendedora, travel hacking e fundadora do Projeto Viajando Sempre. Apaixonada pelo mundo e dependente de viagens, lugares exóticos e um bom drink a beira mar! Sempre em busca do próximo destino!!

Comentários

37 thoughts on “Guia de Viagem – 10 Dicas para Viajar por Conta Própria”

Deixe uma resposta

  • HALONG BAY

Sobre Halong Bay....
Confesso que foi a minha frustração do Vietnam, eu estava com tanta expectativa sobre o lugar, na internet via fotos lindíssimas de um mirante chamado Bai Tho, mas o lugar está fechado para o público, porém muitas pessoas invadem e ainda ensinam na internet como fazer isso, meu primeiro pensamento foi: "Eu vou fazer tbm" 
Afinal, trabalho com Internet e preciso de fotos instagramicas.

Mas parei para pensar, se está fechado é por algum motivo, e quando compartilhamos esse tipo de comportamento na internet, nós incentivamos outras pessoas a fazerem tbm.

E se algo acontecer com elas? E se for perigoso?

Eu me torno co-responsavel.

Na busca para fotos perfeitas acabamos fazendo coisas irresponsáveis. 
Quando estamos visitando um país é importante respeitar as regras e leis daquele lugar.

Por isso, com muito pesar eu não fiz. 
No fim, me senti orgulhosa de perceber que fui responsável com o meu papel de influenciadora e que estou no caminho certo de corrigir comportamentos que julgo errado.

E você? O que as viagens te ensinam?
  • O QUE FAZER EM VIENTIANE? - Wat Si Saket (segunda e terceira foto)
- Pha That Luang (o templo dourado)
- Haw Pra Kaew
- Patuxai - Pôr do sol no Rio Mekong - Buda Park

Dois dias é o suficiente e Vientiane tem uma estrutura melhor que Luang Prabang e Vang Vieng. 
Você pode ir até essas cidades de ônibus ou van

Coloquei os valores e trajetos todos lá nos stories. Dá uma olhadinha no destaques
  • O QUE FAZER EM VANG VIENG?

Já salva essa foto aí que lá vem dica!

Eu amei Vang Vieng, tem uma vibe roots que dá para dar aquela relaxada!

Em dois dias inteiros eu consegui fazer: - Nam Xay viewpoint (primeira e segunda foto)
- Kayak no Rio Nang Song (vídeo)
- Blue Lagoon 1,2 e 3 (última foto)
- Tubing (super divertido, descer de bóia no Rio)
- Tham Poukham cave
- Night Market - festas no centro - escalada
- vôo de balão - trilha

Eu já quero voltar e ficar mais tempo 🥰

Postei os detalhes lá nos stories, quem viu?🙋🏼‍♀️
  • Nesse vídeo eu compartilho com você como eu comecei o Blog. Vem ver!
  • Aproveitando para descansar um pouco aqui no @laopoet e editando vídeo para vocês 🤗

Vou postar mais tarde no YouTube o vídeo que vocês tanto pediram, Como eu comecei 🤗

Enquanto isso, fica a dica de onde se hospedar em Vientiane, o @laopoet é um hotel boutique super luxuoso, localizado no centro de Vientiane. Tem rooftop, piscina com borda infinita e os quartos são super bem decorados, passa para o lado para ver 👉🏻
  • Aproveitando os meus dias de princesa no @laopoet 🥰😍 e me achando no comercial de beleza ahah

Essa foto é para falar de um assunto sério!

Desde que eu compartilhei que tenho psoríase, eu recebo muitos directs sobre.

É uma doença de pele autoimune, não é contagiosa, viu!
É cíclica, os sintomas aparecem e reaparecem periodicamente.
Principalmente em situações de estresse e mudança de temperatura.

São placas vermelhas e descamativas e não tem cura.

A psoríase deve ser tratada para melhorar a qualidade de vida do paciente e em casos mais graves ela pode afetar as articulações e acarretar doenças mais graves, como hipertensão, depressão, etc.

É muito importante sempre hidratar a pele, comer saudável e praticar exercícios físicos. Isso tudo melhora a qualidade da sua vida.

O seu Dermatologista vai te receitar o hidratante e sabonete especial para o seu caso, até cremes caso necessário.

A minha Dermatologista @juliaocampodermato me receita esse creme hidratante aí da foto, bioderma atoderm intensive baume (aliás, @biodermabrasil me nota 🤣) e o sabonete é o: Bioderma Atoderm Huile de Douche
Esses dois combinados diminuíram muito as minhas crises.

E o que fez total diferença no meu caso foi começar uma dieta adequada, gluten, álcool pioram muito a minha psoríase.
A minha nutricionista @vaniamattosonutri faz uns manipulados de vitaminas que fazem toda a diferença na minha qualidade de vida com a doença.

Bom, espero ter dados todas as informações sobre o assunto. Não esqueçam de procurar um médico quando perceberam algo de errado e NÃO TENHAM preconceito com a psoríase, você não vai pegar não 😅
  • Mais um tiro na sua timeline 🥰

Que lugar senhores! Que lugar 😍

Mua Caves é a atração mais famosa de Ninh Binh, seu nome em Vietnamita é  Hang múa, esta localizado em Khe Ha Vilage

As lendas dizem que quando o Rei Tran chegou a Hoa Lu para estabelecer o templo Vi, ele foi apreciar uma performance de dança. No vietnamita "mua" significa dança, daí o nome "Hang Mua"

A melhor época para visitar é de Maio a Junho quando os arrozais estão amarelos (eu fui em Novembro)

E o horário mais mágico para fotos é no pôr do sol, mas esse horário é cheio.

Prepara- se para uma cansativa subida até o topo, tênis é apropriado para subir

Qual o seu lugar preferido do Vietnam até agora?
  • JÁ SALVA ESSA FOTO AÍ🙈

Falei pra vocês que Ninh Binh é babado, as paisagens do Vietnam são de tirar o fôlego, aguardem pois tem muito mais foto de onde saiu essa aí 🤚🏻 Informações importantes sobre o Vietnam:

Moeda: Dong

Melhor época para visitar?
De novembro à Abril. Eu fui em Novembro 
Segurança: é um país seguro, mulheres podem viajar sozinhas tranquilamente 
Preço? O custo de vida é baixo (mostrei os preços lá nos stories, está nos destaques)

Comida: Na maioria dos países da Ásia se deve prestar a atenção onde come, sempre beber água mineral lacrada. Eu não como em barracas de rua, não quero uma intoxicação 😬 Não passei mal em nenhum país aqui, mas eu tomo cuidado com o que eu como

Meu roteiro: Hanoi, Halong Bay e Ninh Binh 
Mais alguma dúvida sobre o Vietnam?

SIGA @PROJETOVIAJANDOSEMPRE