Nos posts anteriores dei dicas sobre onde se hospedar em Morro de São Paulo (clique aqui), o que fazer (clique aqui) e hoje vou dar informações úteis sobre Morro de São Paulo, informações de voltagem, como chegar, taxa ambiental, bancos, etc. Todas as informações que você precisa saber antes de embarcar para Morro de São Paulo.

Então, vamos nessa!

Como Chegar?

Para chegar em Morro de São Paulo o ponto de partida é Salvador e existem 3 formas para chegar em Morro de São Paulo, você pode fretar um helicóptero ou voo particular que sem dúvidas é opção mais rápida e mais cara, ou pegar um transfer marítimo, existe ainda a opção semi-terrestre.

Já fui duas vezes a Morro de São Paulo a primeira vez fui de transfer marítimo e a segunda vez fui de semi-terrestre. Nessa última viagem fechei o transfer com a Zulu Turismo – http://www.morrodesaopaulobahiabrasil.com/

-Transfer aéreo: tem a duração de 20 minutos, você pega no Aeroporto Internacional Luis Eduardo Magalhães, o local de chegada é na Terceira ou Quarta praia. Existe ainda a opção de helicóptero, esse eu não sei os valores.

Valor: R$ 435,00 por pessoa o trecho.

-Transfer marítimo: você pega um catamarã ou lancha rápida no Terminal Marítimo de Salvador em frente ao Mercado Modelo, tem uma duração aproximadamente de 2h30.

transfer-morro-de-sao-paulo
-Transfer semi terrestre: Essa opção demora aproximadamente 2h30, faz um trajeto mar, terra, mar. Primeiro pega uma lancha ou catamarã até Itaparica (40m), de lá vai em um ônibus até Valença e de Valença pega uma lancha rápida até Morro de São Paulo (20m). Com certeza é cansativo mudar 3 vezes o meio de transporte durante a viagem, porém você passa a maior parte do trajeto dentro de um ônibus com ar condicionado, portanto para quem sofre de enjoo essa pode ser uma op

Valor: R$ 90,00 por pessoa o trecho.

Obs: Esses valores podem sofrer alteração dependendo da época que você for viajar (alta ou baixa temporada).

Quando Ir a Morro de São Paulo?

A época que você pretende ir a Morro vai influenciar muito no seu bolso!

Na baixa temporada que vai de Maio a Junho é a época mais barata, mas é nesse período que chove mais do que o resto do ano, nessa época Morro está mais vazio, sem muitos turistas e consequentemente com preços mais baixos.

Para quem quiser fazer o passeio de observação das baleias Jubarte a época para visitar é de Julho a Outubro, nessa época que as baleias visitam a região.

A alta temporada e de dezembro a fevereiro, nessa época que os preços estão bem elevados e as pousadas em Morro ficam lotadas, por isso se for viajar nessa época tem que reservar com bastante antecedência.

Em épocas como Ano Novo e Carnaval os hotéis fecham pacotes e os preços são bem salgados, nessa época Morro fica lotado!

Na minha opinião uma época boa para visitar Morro de São Paulo é de Junho a Setembro, os preços são bons e foge da época de chuvas, essa época Morro está cheio de turistas europeus.

Taxa de Turismo

Logo que chegar em Morro de São Paulo será cobrado uma taxa de preservação ambiental (TPA) o valor atualmente é de R$ 15,00 por pessoa, é cobrado somente uma vez, crianças com menos de 5 anos e adultos com mais de 65 anos estão isentos desta taxa.

A taxa é cobrada pela Prefeitura de Cairú com o propósito exclusivo de controle, proteção e preservação do meio ambiente.

Voltagem

É muito importante levar em consideração antes de viajar o tipo de voltagem de cada cidade ou país e o plug da tomada para não passar por nenhum aperto e não estragar nenhum eletrônico.

Em Morro de São Paulo a voltagem em rede elétrica é de 220v.

Bancos

Conseguir sacar dinheiro em Morro de São Paulo é uma verdadeira novela, por isso recomendo que leve dinheiro, pois não são todos os lugares que aceitam cartão e lá você não conseguirá sacar. Morro não possui agências bancárias e nem banco 24h.  Só tem caixas eletrônicos do Banco do Brasil e do Bradesco, os quais nunca tem dinheiro para sacar.

Bagagem

Em Morro de São Paulo não passa carro, isso mesmo! É literalmente um paraíso isolado. Você se locomove em Morro a pé, o único lugar onde tem acesso a carros 4×4, e um acesso na Segunda Praia que leva para os hotéis da Quarta e Quinta Praia, por isso na hora de levar as malas para Morro pense nisso, não tem carro, você irá andar a pé e na areia.

Mas não precisa se desesperar existem “táxis” em Morro, são carrinhos de mão, onde os locais cobram um valor para carregar as suas malas até o hotel. Lembre-se combine antes o valor varia bastante, mas tente também levar em consideração o peso da sua mala, levar várias malas no sol quente com certeza não deve ser fácil.

Nessa minha última viagem, éramos 3 pessoas, duas malas médias e uma grande e o valor cobrado até a Segunda Praia foi de R$ 35,00 por todas as malas.

Bom essas foram as informações que achei relevantes saber antes de ir para Morro de São Paulo, se souberem de mais alguma compartilha aí nos comentários.

Até o próximo post e Boa Viagem!

 

 

 

By Simone Freitas

Carioca, empreendedora, travel hacking e fundadora do Projeto Viajando Sempre. Apaixonada pelo mundo e dependente de viagens, lugares exóticos e um bom drink a beira mar! Sempre em busca do próximo destino!!

Comentários

6 thoughts on “Informações Úteis Sobre Morro de São Paulo”

Deixe uma resposta

  • Realizei meu sonho e me hospedei em um barco 😍  o @wikkelhouse é muito fofo gente! E luxuoso, tinha até jacuzzi 💆🏼‍♀️
@wikkelhouse é todo sustentável e foi projetado no design de um barco, mas sem perder o conforto de uma casa.

Tem duas camas de casal, cozinha equipada com fogão e geladeira, todos os utensílios domésticos, sofá, mesa e até projetor para assistir um filmezinho com o mozão ou com os amigos.

Não vejo a hora de poder viajar novamente e me hospedar lá novamente 😍

E você? Qual o lugar que você quer visitar quando essa pandemia passar?

Já podemos ir sonhando 💁🏼‍♀️
  • CORONAVIRUS 🔴
Como está a situação na sua cidade ou país?? Se você tem viagem marcada para os lugares onde tem pico de incidência não vá!
As companhias aéreas estão remarcando sem custo!

Cuidados: -Evite colocar as mãos nos lugares e depois no olho ou na boca.
- lavar aos mãos constantemente, use álcool em gel
- se for tossir ou espirrar cubra com os braços, não com as mãos 
Sintomas: - tosse seca - febre - nariz escorrendo
- dificuldade de respirar - algumas pessoas apresentam dor de garganta 
Se apresentar sintomas procure um médico!

Não adianta pânico gente! Isso só piora a situação, outras gripes como essa já existiram, olha a H1N1 (gripe suína), vamos evitar, mas sem pânico!
  • Virei Criança 🤪

Literalmente virei criança quando fui no Unicórnio café em Bangkok 
O café é temático e atrai um monte de turistas, lá toda a decoração é de Unicórnio e o cardápio também é temático.

Você pode alugar a fantasia de Unicórnio ( pago a parte)

E a dica é para chegar faltando meia hora para fechar, como todo ponto turístico instagramavel virou febre e lota. Eu fui meia hora antes de fechar e estava V-A-Z-I-O😱

Horário de funcionamento: 12:00 às 20:00

Como é lá dentro, o cardápio e os preços eu coloquei lá nos destaques de Bangkok.

Já salva aí essa dica 🤗
  • Tantas fotos para postar da Tailândia e eu não consigo escolher 🤭

Chiang Mai é a segunda maior cidade da Tailândia e tem mais de 300 templos 😱

O meu preferido foi esse aí da foto, o Doi Suthep, é lindo, todo dourado.

Foi construído em cima de uma montanha. 
Para chegar lá você pode subir 300 degraus (parece muito, mas é fácil) ou pegar um elevador🙏🏻🙌🏻 Tem um mirante lindo para tirar fotos, vá na hora do pôr do sol!

Quando eu fui eu recebi a bênção de um dos monges, qualquer um pode recebe, não precisa ser budista.

Chegamos lá de tuk tuk, diversão garantida.

Detalhes lá nos destaques de Chiang Mai 🤗
  • Nesse Vídeo eu te Mostro 6 Looks de Viagem para Você Usar no Frio
Cabe em uma mala de mão 🤗
  • INDESCRITÍVEL!

Ano passado eu participei do Festival das Lanternas em Chiang Mai e foi mágico 😍
Sabe aquela energia de todo mundos desejando coisas boas ao mesmo tempo? Então, foi isso que eu senti, essa vibe!

O Festival das Lanternas( Yi Peng) acontece sempre no mês de Novembro, mas a data muda, é sempre na décima segunda lua cheia do calendário lunar Tailandês.

Segundo a crença budista, lançar a lanterna traz boa sorte, principalmente se ela sumir de vista no céu escuro. Hoje em dia a galera faz um pedido Muita gente faz um pedido e libera toda a energia negativa do ano, ou seja, só coisas boas!

A cidade é toda decorada para a festividade e até o aeroporto fecha para o lançamento das lanternas ocorrer em segurança.

Tem horário e locais autorizados para a soltura das lanternas, o material é biodegradável e leve para que não voe até muito longe 
As lanternas são feitas 
Essa foto aí foi em uma festa privada, no qual você paga para entrar, mas você pode conferir o festival da rua tbm, é grátis mas não tem essa imagem bonita de todo mundo soltando junto, ao mesmo tempo as lanternas.

As festas são caras em torno de 150 dólares e esgotam super rápido, por isso planeje com antecedência.

Coloquei mais detalhes lá nos destaques de Chiang Mai
  • BLUE TEMPLE

Para chegar lá partimos de Chiang Mai até Chiang Rai
de carro (excursão). Nesse dia visitei também o Templo Branco.

Uma dica é chegar superrrr cedo, para conseguir tirar uma foto sozinha e lógico terá que escolher entre ir primeiro no Templo branco ou no azul para a foto solitária.

Eu gostei mais do Templo Azul, apesar de o branco ser enorme e mais imponente, eu achei o templo azul mais fotogênico 🤭

Os detalhes, preços, distância. Tudo lá nos destaques de Chiang Mai
  • TURISMO ANIMAL

Usar elefantes como meio de transporte é uma prática legal na Tailândia, porém é extremamente nocivo aos animais, mas é uma prática legal no país.

Por isso, existem Santuários que resgatam os elefantes que sofreram maus tratos e fazem um trabalho de conscientização.

No Jungle Sanctuary eles fazem um trabalho de resgatar e reabilitar esses animais. Com o valor dos ingressos dos visitantes eles conseguem manter o local, além de educar as pessoas sobre o turismo consciente.
É muito lindo ver o quanto esses elefantes melhoraram após o resgate. 🥰

Hoje em dia eu procuro ser mais consciente com as minhas ações. 
Principalmente com o trurismo animal, podemos errar por não saber, mas sempre podemos aprender e melhorar.

Procuro mudar alguns hábitos de forma a contribuir para um consumo consciente, algumas coisas comecei por obrigação e outras por vontade própria.

Moro na Irlanda e aqui a reciclagem é obrigatório, assim como levar a sua própria sacola, duas práticas que de início são chatas, mas que viram hábito e são fáceis e contribuem em muito para o meio ambiente.
Recentemente me tornei vegetariana, são pequeno passos que dou em prol do que acredito ser benéfico.

Quais mudanças você adotou recentemente?

SIGA @PROJETOVIAJANDOSEMPRE