Vou começar o post sobre Portugal, falando de uma cidade que adorei conhecer: Guimarães.

Aqui nesse post, vou detalhar o que fazer em Guimarães, como chegar, onde se hospedar, quantos dias ficar, tudo o que você precisa saber para visitar Guimarães.

Mas antes, vou falar um pouquinho sobre a minha impressão de Guimarães. Eu fui convidada pelo Turismo Guimarães para conhecer a cidade, e eu adorei!

Guimarães é  considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO,  e é conhecida como “Berço da Nação”, ou como melhor retrata um dos seus pontos turísticos: “Aqui nasceu Portugal”. Sua arquitetura parece preservada pelo tempo, conserva aquele ar medieval com todas as comodidades dos dias atuais 😉 Você irá encontrar opções históricas, culturais e gastronômicas. Por isso, Guimarães com certeza merece entrar para o seu roteiro de Portugal, assim como entrou no meu. Eu recomendo!

 

Quantos dias ficar?

Em um dia inteiro você consegue conhecer as principais atrações de Guimarães, recomendo ficar hospedado uma noite para sentir mais a atmosfera da cidade. Se quiser, pode fazer alguns bate e volta a partir de Guimarães.

 

Como chegar?

Você pode alugar um carro para conhecer as cidades de Portugal (falaremos mais sobre isso em outro post), assim fica livre para ir e vir no horário que quiser.

Eu não dirijo, por isso, fui de trem.

Caso opte por ir de trem igual a mim, você irá pegar o trem na estação de São Bento, em Porto e descer na estação de Guimarães.

Tem bastante horários disponíveis.

Duração da viagem: 75 minutos.

Valor: €12,75 ida e volta (segunda classe)

Mais informações: www.cp.pt

 

Como se locomover?

As principais atrações são bem próximas e você consegue conhecer os principais pontos turísticos a pé.

 

Onde se hospedar?

Como falei mais a cima, eu fui convidada para visitar Guimarães e o hotel foi cortesia.

Fiquei hospedada na Pousada de Juventude de Guimarães

Endereço: Complexo Multifuncional de Couros, Largo da Cidade, 8, 4810-430 Guimaraes, Portugal

A Pousada, na verdade é um hostel e existe a opção de quarto individual, que foi a que eu fiquei. É bem localizada, tem um bom custo beneficio e é bem animada, com vários ambientes de convivência, para quem esta procurando fazer amizades  e socializar é uma boa pedida.

O banheiro foi um ponto negativo para mim, ele era bem pequeno, o banheiro era bem gelado (viajei no inverno), o chuveiro além de bem pequeno, tinha um sistema de economia parecido com aqueles de torneira de shopping, para sair água era preciso apertar e depois de alguns segundos é preciso apertar novamente, ou seja, nada legal =/

 

O que fazer em Guimarães?

Castelo de Guimarães: Quem me acompanha nas redes sociais sabe que eu tenho uma paixão por castelos e eu não poderia deixar de visitar um dos castelos medievais mais bem conservados. O Castelo de Guimarães foi construído no século X  para proteger os monges e cristão que moravam ao redor. No século XII o Conde Dom Henrique e a Dona Teresa foram morar no Castelo.

Valor da entrada:  2,00€ (Entrada Normal)

Bilhete Conjunto:
Paço dos Duques + Castelo de Guimarães = 6,00€
Paço dos Duques + Castelo de Guimarães + Museu de Alberto Sampaio= 8,00€

Horário de funcionamento:  Segunda a Domingo das 10h às 18h (última entrada às 17:30h)

Castelo de Guimarães
Castelo de Guimarães
Castelo de Guimarães
Castelo de Guimarães

 

Capela de São Miguel do Castelo: A capela fica ao lado do castelo,  segundo dizem o primeiro rei de Portugal, Dom Afonso Henriques foi batizado na capela. No entanto, o templo data do século XIII, mas ainda guarda sua pia batismal, a que foi utilizada na cerimônia.

Valor da entrada: gratuita.

Horário de funcionamento: Abre todos os dias das 10h às 18h.

 

Paço dos Duques de Bragança:  É outro ponto turístico, além do castelo que não pode faltar na sua visita.

É Patrimônio Mundial da Humanidade, foi construído no século XV por Dom Afonso, o primeiro duque de Bragança. No entanto, no século XIX o espaço foi transformado em quartel. Mais tarde foi restaurado e convertido em museu, abrigando um espólio do século XVII e XVIII.

No segundo andar, o palácio é a residência oficial do Presidente da República Portuguesa.

Valor da entrada:  5€ (Entrada Normal)

Bilhete Conjunto:
Paço dos Duques + Castelo de Guimarães = 6,00€
Paço dos Duques + Castelo de Guimarães + Museu de Alberto Sampaio= 8,00€

Horário de funcionamento:  Segunda a Domingo das 10h às 18h (última entrada às 17:30h)

Paço dos Duques de Bragança
Paço dos Duques de Bragança
Paço dos Duques de Bragança
Paço dos Duques de Bragança
Paço dos Duques de Bragança
Paço dos Duques de Bragança

 

Igreja de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos: É uma das igrejas mais belas de Portugal, o jardim é a coisa mais linda, como vocês podem conferir na imagem abaixo. Ela foi construída no século XVII e fica no  Largo da República do Brasil.

Igreja de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos
Igreja de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos
Largo da República do Brasil
Largo da República do Brasil

 

Museu de Alberto Sampaio: Foi criado em 1928, fica no centro histórico e apresenta importantes coleções de escultura (arquitetural, de vulto e tumulária), cobrindo os períodos medieval e renascentista e prolongando-se até ao século XVIII. A colecção de ourivesaria é das melhores do país: destacam-se o cálice românico de D. Sancho I, a imagem de Santa Maria de Guimarães (séc. XIII), as cruzes processionais, e o magnífico retábulo gótico de prata dourada representando a Natividade, de fins do século XIV. Destaque para o belo jardim que fica aos fundos.
Valor da entrada:  3€ (Entrada Normal)

Bilhete Conjunto:
Paço dos Duques + Castelo de Guimarães + Museu de Alberto Sampaio= 8,00€

Horário de funcionamento:  Terça a Domingo das 9h às 18h (última entrada às 17:30h)

Museu de Alberto Sampaio
Museu de Alberto Sampaio
Museu de Alberto Sampaio
Museu de Alberto Sampaio

 

Centro Histórico: Conforme falei no texto acima, Guimarães parece preservada pelo tempo, conserva aquele ar medieval, então nada melhor que passear pelo seu centro históricos, andar pelas praças e ruelas e tirar muitas fotos.

 

Largo do Toural: O Largo do Toural é uma das praças mais centrais e importantes da cidade, que respira a atmosfera única que se vive na cidade. É um dos espaços públicos mais nobres de Guimarães.

Lá foi colocado uma grade no estilo Pont des Arts de Paris, para os apaixonados colocarem os cadeados do Amor. Não coloquei o meu =/

 

Praça do Toural
Praça do Toural

 

Praça do Toural
Praça do Toural

 

Teleférico de Guimarães e o Montanha da Penha: Um passeio bem legal para terminar o dia em Guimarães é pegar o Teleférico de Guimarães, que leva até o alto da Montanha da Penha. O percurso do teleférico é de 1700 metros, o que dá cerca de 10 minutos até o topo.

A montanha é a parte mais elevada da Guimarães e do seu topo é possível ter uma vista incrível! Lá você encontra restaurantes, bares e área de piquenique, sem contar a vista panorâmica da cidade.

Valor da entrada:  5€ (Ida e volta)

Horário de funcionamento:  De segunda a Domingo das 10h às 18h (última entrada às 17:30h).

 

Me digam se gostaram nos comentários ou se tiver alguma dica compartilha também!

Até o próximo post!

By Simone Freitas

Carioca, empreendedora, travel hacking e fundadora do Projeto Viajando Sempre.Apaixonada pelo mundo e dependente de viagens, lugares exóticos e um bom drink a beira mar!Sempre em busca do próximo destino!!

Comentários

  • Que EXPERIÊNCIA braselll 😱
Em Nungwi foi possível nadar com tartarugas 🐢
Foi um dos lugares que eu mais gostei em Zanzibar ❤️
  • Me senti a PHYNA servindo comida japonesa do @katmandu na minha festa 💁🏼‍♀️😋 ⠀
Pq além dele ser o melhor restaurante de comida japonesa do Rio, agora você ainda pode encomendar para o seu evento ou festa 🎉😍 ⠀Perceberam na última foto que eu nem aguentei esperar para tirar foto né 🤭🤪
Tive que comer 😋
  • E esse bolo MARAVILHOSO da @bakegourmet que vocês me ajudaram a escolher 😱😋
Além de lindo, estava super gostoso, um recheio de doce de leite que todo mundo amou ❤️ ⠀
Repara no detalhe de pérola no final do bolo😍 cada detalhe pensando para deixar  o bolo mais incrível ⠀
Arrasta para o lado para ver a decoração da festa ⠀
O que acharam da decor?
  • 32 anos de muita felicidade!!!
Só tenho o que agradecer, mais um ano de vida, com muita saúde.
Que seja mais um ano maravilhoso!
  • FELICIA FEELINGS MODE ON 😍 ⠀
⠀
A visita para Prison Island foi bem legal pq pude ver de perto as tartarugas gigantes de Galápagos 😍
Porém, além das tartarugas não tem muita coisa para ver🤷‍♀️
⠀
Você pega um barquinho de Stone Town até a Prison Island
  • QUE azul braselll 💙
Impossível não querer ficar aqui até o carnaval 😅😫 ⠀
⠀
Vamos às dicas!
Passeios que valem a pena fazer: ⠀
Passeios de barco:
- Mnemba island ⠀
- Prison island
- Blue Safari ⠀
⠀
Praias:
- Kendwa
- Nungwi
- Paje
- Michamvi
- The Rock Restaurant
Existem vários outros passeios, esses foram o que eu mais gostei e acho imperdivel, mais detalhes dos passeios  lá no destaques.
⠀
  • ABRIU A LARGADA DE ZANZIBAR ⠀ ⠀
⠀ ⠀
Que cor é essa Brasil??😱
Com certeza o mais emblemático de Zanzibar é essa cor maravilhosa, QUE PARAÍSO!!
⠀
Fiquei devendo para vocês minhas impressões de Zanzibar, vamos lá!
Já tinha ouvido falar que era um lugar muito pobre, mas confesso que me surpreendi.
Conversando com um guia ele me explicou que a corrupção lá é muito grande, a população não recebe auxílio nenhum do governo, 90% da população não estuda e eles só conseguem se manter ou com pesca ou com o turismo.
⠀
Portanto em Zanzibar você vê muita pobreza em contraste com essas paisagens lindas, é de cortar o coração. ⠀
E olha que para uma brasileira se surpreender com corrupção não é fácil 😬
⠀
Nas próximas fotos, mais sobre Zanzibar... ⠀
  • QUE EXPERIÊNCIA! ⠀
⠀
A última foto do safari que foi incrível 😍
Preparados para surra de fotos de Zanzibar??

SIGA @PROJETOVIAJANDOSEMPRE