No post de hoje vou compartilhar com vocês O Que Fazer na Chapada dos Veadeiros.

A Chapada dos Veadeiros é um destino super procurado por aventureiros no Brasil, tem cachoeiras lindas, trilhas desafiadoras, opções  para relaxar e ter contato com a natureza, ainda de quebra ver paisagens lindíssimas. Com certeza você não irá se arrepender de visitar a Chapada.

Acabei de voltar de lá e preparei um roteiro fresquinho com informações super atualizadas, vamos ao roteiro.

Esse é um roteiro ideal para 4 dias inteiros na Chapada dos Veadeiros.

– Catarata dos Couros:  A Catarata dos Couros fica localizada em Alto Paraíso, é uma das mais visitadas na Chapada. Para chegar até lá o ideal e contratar um guia, pois lá não é muito bem sinalizado. O guia na Chapada fica em torno de R$ 150,00.

Para chegar até lá enfrentasse uma trilha de dificuldade média, não é muito longa, porém é um pouco cansativa, pois o terreno é acidentado e um pouco ingrime, mas nada impeditivo.  Durante o passeio você vai poder apreciar cachoeira, piscinas de água cristalina , cânions. Com certeza você deve colocar no seu roteiro.

Dica: leve comida e água, a maioria das cachoeiras na Chapada não tem nenhum lugar para comprar comida, leve também protetor solar, chapéu e vá de tênis, como é necessário fazer uma trilha, chinelo é desaconselhável, aliás essa dica serve para todas as cachoeiras.

 

-Cachoeira Loquinhas: A maioria das fotos que você vê no instagram da Chapada dos Veadeiros é daqui, mais precisamente do poço Xamã, pela foto dá para entender o motivo, quando o sol bate a água fica com uma coloração verde esmeralda incrível.  A Cachoeira Loquinhas fica em Alto Paraíso, você consegue chegar sem guia no local. Eu fiz com guia. Você consegue contratar um guia em Alto Paraíso, Cavalcante ou São Jorge.

A trilha é fácil, você consegue chegar sem dificuldades  e tem vários pontos de parada para mergulhos, aconselho ir primeiro direto para o poço Xamã para tirar aquela foto espetacular.

Valor da entrada: R$ 20,00 (por pessoa)

Dica: leve comida e água, protetor solar, chapéu e vá de tênis.

Loquinhas chapada dos veadeiros
Loquinhas – Chapada dos Veadeiros

-Cachoeira do Macaquinho: A Cachoeira do Macaquinho ainda não é muito conhecida pelos turistas, nos roteiros que pesquisei antes de ir, nenhum mencionava essa cachoeira, fui por indicação do guia, e adorei!

A trilha para chegar lá é relativamente fácil, mas como ainda não é muito conhecida aconcelho contratar um guia para chegar lá.

Na Cachoeira do Macaquinho tem vários pontos para fotografar e tomar banho, poços de água cristalina e cor verde esmeralda, lugares para saltar, para quem curte aventura, lugares com quedas pequenas que formam hidromassagens naturais, além de quedas maiores, tem até um cachoeira exclusiva para a prática de nudismo.

Valor da entrada: R$ 20,00 (por pessoa)

Dica: leve comida e água, protetor solar, chapéu e vá de tênis.

Cachoeira do Macaquinho
Cachoeira do Macaquinho

 

-Cachoeira do Segredo: A Cachoeira do Segredo fica próximo da vila de São Jorge. É uma trilha cansativa 8km, mas o visual no final vale a pena! A Cachoeira do Segredo tem mais de 100 metros de queda em cascata, o visual você confere na foto abaixo.

Valor da entrada: R$ 25,00 (por pessoa)

Dica: leve comida e água, protetor solar, chapéu e vá de tênis.

Cachoeira do Segredo
Cachoeira do Segredo

-Mirante da Janela:  O Mirante da Janela para mim foi o um dos passeios mais marcantes, com certeza uma superação. A trilha é cansativa são 14km ida e volta, co trechos de escalada na pedra, subida, terreno irregular, como ainda fomos em época de seca não havia nenhuma parada para banho o que deixava mais cansativo, mas conferir o  pôr do sol no Mirante da Janela vale muito a pena! É imprescindível ir com um guia nesse passeio.

Valor da entrada: R$ 15,00 (por pessoa)

Dica: leve comida e água, protetor solar, chapéu e vá de tênis

Mirante da Janela
Mirante da Janela
por do sol mirante da janela
Pôr do sol Mirante da Janela

-Águas Termais do Morro Vermelho: uma ótima opção para curtir a noite após uma trilha cansativa. As Águas Termais do Morro Vermelho fica aberto até as 22h, tem 3 piscinas naturais que a temperatura da água chega até 33 graus. Esta localizada a 14km de São Jorge. Tem uma lojinha, onde é possível comer uns petiscos e beber alguma coisa, enquanto relaxa.

Valor da entrada: R$ 10,00 (por pessoa).

 

-Cachoeira Santa Bárbara: Essa é imperdível! A coloração da água azul cristalino, faz com que seja uma das mais procuradas da Chapada, por isso, a Cacheira Santa Bárbara precisa entrar no seu roteiro, tem uma queda de 30 metros . Fica localizada dentro de uma comunidade Kalunga, por isso tem a visitação limitada, vá cedo! É o único lugar que é exigido guia para entrar, caso não tenha, pode contratar na própria comunidade Kalunga.

Valor da entrada: R$ 20,00 (por pessoa).

Dica: leve comida e água, protetor solar, chapéu e vá de tênis

Cachoeira Santa Barbara
Cachoeira Santa Barbara

-Cachoeira da Capivara: A Cachoeira da Capivara fica na mesma comunidade Kalunga,  algumas pessoas vão somente na Santa Bárbara e eu acho um crime, a da Capivara também super vale a visita. Uma ótima pedida para relaxar e fotografar.

cachoeira da capivara
Cachoeira da Capivara
Cachoeira da Capivara
Cachoeira da Capivara

 

-Vale da Lua: Vale da Lua fica em Alto Paraíso, você consegue chegar lá sem guia tranquilamente, a trilha é super fácil e nada cansativa. As formações peculiares e características forma um efeito incrível, rendendo lindas fotos.

Valor da entrada: R$ 20,00 (por pessoa).

Dica: lá tem um local para comprar comida e bebida, leve protetor solar, chapéu e vá de tênis.

Vale da Lua
Vale da Lua
Vale da Lua
Vale da Lua
Vale da Lua
Vale da Lua

-Almécegas: Caso ainda sobre tempo, você pode visitar Almécegas I e II, elas ficam próximas do Vale da Lua, então você consegue fazer no mesmo dia, ficam na Fazenda São Bento.

Valor da entrada: R$ 20,00 (por pessoa).

Dica: leve comida e água, protetor solar, chapéu e vá de tênis.

 

Independente do roteiro que você escolha, com certeza a Chapada dos Veadeiros merece a sua visita!

Confira esta viagem também no BlogHoteis.com

Fica a dica!

By Simone Freitas

Carioca, empreendedora, travel hacking e fundadora do Projeto Viajando Sempre. Apaixonada pelo mundo e dependente de viagens, lugares exóticos e um bom drink a beira mar! Sempre em busca do próximo destino!!

Comentários

3 thoughts on “O Que Fazer na Chapada dos Veadeiros”

Deixe uma resposta

  • Realizei meu sonho e me hospedei em um barco 😍  o @wikkelhouse é muito fofo gente! E luxuoso, tinha até jacuzzi 💆🏼‍♀️
@wikkelhouse é todo sustentável e foi projetado no design de um barco, mas sem perder o conforto de uma casa.

Tem duas camas de casal, cozinha equipada com fogão e geladeira, todos os utensílios domésticos, sofá, mesa e até projetor para assistir um filmezinho com o mozão ou com os amigos.

Não vejo a hora de poder viajar novamente e me hospedar lá novamente 😍

E você? Qual o lugar que você quer visitar quando essa pandemia passar?

Já podemos ir sonhando 💁🏼‍♀️
  • CORONAVIRUS 🔴
Como está a situação na sua cidade ou país?? Se você tem viagem marcada para os lugares onde tem pico de incidência não vá!
As companhias aéreas estão remarcando sem custo!

Cuidados: -Evite colocar as mãos nos lugares e depois no olho ou na boca.
- lavar aos mãos constantemente, use álcool em gel
- se for tossir ou espirrar cubra com os braços, não com as mãos 
Sintomas: - tosse seca - febre - nariz escorrendo
- dificuldade de respirar - algumas pessoas apresentam dor de garganta 
Se apresentar sintomas procure um médico!

Não adianta pânico gente! Isso só piora a situação, outras gripes como essa já existiram, olha a H1N1 (gripe suína), vamos evitar, mas sem pânico!
  • Virei Criança 🤪

Literalmente virei criança quando fui no Unicórnio café em Bangkok 
O café é temático e atrai um monte de turistas, lá toda a decoração é de Unicórnio e o cardápio também é temático.

Você pode alugar a fantasia de Unicórnio ( pago a parte)

E a dica é para chegar faltando meia hora para fechar, como todo ponto turístico instagramavel virou febre e lota. Eu fui meia hora antes de fechar e estava V-A-Z-I-O😱

Horário de funcionamento: 12:00 às 20:00

Como é lá dentro, o cardápio e os preços eu coloquei lá nos destaques de Bangkok.

Já salva aí essa dica 🤗
  • Tantas fotos para postar da Tailândia e eu não consigo escolher 🤭

Chiang Mai é a segunda maior cidade da Tailândia e tem mais de 300 templos 😱

O meu preferido foi esse aí da foto, o Doi Suthep, é lindo, todo dourado.

Foi construído em cima de uma montanha. 
Para chegar lá você pode subir 300 degraus (parece muito, mas é fácil) ou pegar um elevador🙏🏻🙌🏻 Tem um mirante lindo para tirar fotos, vá na hora do pôr do sol!

Quando eu fui eu recebi a bênção de um dos monges, qualquer um pode recebe, não precisa ser budista.

Chegamos lá de tuk tuk, diversão garantida.

Detalhes lá nos destaques de Chiang Mai 🤗
  • Nesse Vídeo eu te Mostro 6 Looks de Viagem para Você Usar no Frio
Cabe em uma mala de mão 🤗
  • INDESCRITÍVEL!

Ano passado eu participei do Festival das Lanternas em Chiang Mai e foi mágico 😍
Sabe aquela energia de todo mundos desejando coisas boas ao mesmo tempo? Então, foi isso que eu senti, essa vibe!

O Festival das Lanternas( Yi Peng) acontece sempre no mês de Novembro, mas a data muda, é sempre na décima segunda lua cheia do calendário lunar Tailandês.

Segundo a crença budista, lançar a lanterna traz boa sorte, principalmente se ela sumir de vista no céu escuro. Hoje em dia a galera faz um pedido Muita gente faz um pedido e libera toda a energia negativa do ano, ou seja, só coisas boas!

A cidade é toda decorada para a festividade e até o aeroporto fecha para o lançamento das lanternas ocorrer em segurança.

Tem horário e locais autorizados para a soltura das lanternas, o material é biodegradável e leve para que não voe até muito longe 
As lanternas são feitas 
Essa foto aí foi em uma festa privada, no qual você paga para entrar, mas você pode conferir o festival da rua tbm, é grátis mas não tem essa imagem bonita de todo mundo soltando junto, ao mesmo tempo as lanternas.

As festas são caras em torno de 150 dólares e esgotam super rápido, por isso planeje com antecedência.

Coloquei mais detalhes lá nos destaques de Chiang Mai
  • BLUE TEMPLE

Para chegar lá partimos de Chiang Mai até Chiang Rai
de carro (excursão). Nesse dia visitei também o Templo Branco.

Uma dica é chegar superrrr cedo, para conseguir tirar uma foto sozinha e lógico terá que escolher entre ir primeiro no Templo branco ou no azul para a foto solitária.

Eu gostei mais do Templo Azul, apesar de o branco ser enorme e mais imponente, eu achei o templo azul mais fotogênico 🤭

Os detalhes, preços, distância. Tudo lá nos destaques de Chiang Mai
  • TURISMO ANIMAL

Usar elefantes como meio de transporte é uma prática legal na Tailândia, porém é extremamente nocivo aos animais, mas é uma prática legal no país.

Por isso, existem Santuários que resgatam os elefantes que sofreram maus tratos e fazem um trabalho de conscientização.

No Jungle Sanctuary eles fazem um trabalho de resgatar e reabilitar esses animais. Com o valor dos ingressos dos visitantes eles conseguem manter o local, além de educar as pessoas sobre o turismo consciente.
É muito lindo ver o quanto esses elefantes melhoraram após o resgate. 🥰

Hoje em dia eu procuro ser mais consciente com as minhas ações. 
Principalmente com o trurismo animal, podemos errar por não saber, mas sempre podemos aprender e melhorar.

Procuro mudar alguns hábitos de forma a contribuir para um consumo consciente, algumas coisas comecei por obrigação e outras por vontade própria.

Moro na Irlanda e aqui a reciclagem é obrigatório, assim como levar a sua própria sacola, duas práticas que de início são chatas, mas que viram hábito e são fáceis e contribuem em muito para o meio ambiente.
Recentemente me tornei vegetariana, são pequeno passos que dou em prol do que acredito ser benéfico.

Quais mudanças você adotou recentemente?

SIGA @PROJETOVIAJANDOSEMPRE